quarta-feira, 5 de julho de 2006


Ao sabor do vento
Invejo o vento...
com esse constante movimento,
acaricia a maciez,
encontra frestas, sente a nudez.
Brinca,
passeia nos cabelos soltos...
Intriga,
transforma-os em véu, cobre seu rosto.
Vento companheiro,
traz de presente seu inebriante cheiro,
assim, no meio da tarde,
deixando o desejo na vontade...
Atitude abusada,
provocando a pele arrepiada,
deslizando pela sensualidade
em arrepios da lascividade...
Na brisa tênue do calor
seca o suor que transborda do nosso amor...
No sopro frio do inverno,
transforma as noites em momentos eternos.
Peço a esse nobre vadio
para levar a ti meu beijo
e ao tocar esses lábios macios,
torne-se quente, úmido e cheio de desejo.
Te amo...
(Rocaro Santos)
Linda noitinha pra ti...
Beijosss...

4 comentários:

  1. Se gostei da idéia?

    Não brinque assim que o seu amado secreto ficaria com ciúmes de nós. :D

    ResponderExcluir
  2. Thiago: Meu amado secreto??
    Ah! Vc é incrível!! =P
    Gosto mto de ti visse!!

    Bijimmmm ;)

    ResponderExcluir
  3. OI Lisa!!!
    *** ***Olhe o infinito... O céu azul, o mistério da natureza que nos dá todas as alegrias do mundo... Bom dia!!! é a palavra mágica que faltava nesta manhã, e vem expressar à você, o maravilhoso amanhecer que lhe desejo, repleto de amor, prosperidade e paz...BOM FIM DE SEMANA!!!

    ResponderExcluir
  4. Olá, fico feliz que tenha gostado da minha poesia. Beijos

    ResponderExcluir

"Um dos milagres da minha vida
é simplesmente ter conhecido você!"
Obrigada pelo carinho...
Beijosss...